Fitch: crescimento e custo de financiamento pesam nas perspectivas de 2023

Comments · 142 Views

Os riscos geopolíticos permanecem elevados. Ainda não há um caminho claro para a reconciliação da Rússia e da Ucrânia e, da mesma forma, para as relações China-EUA

Fitch: crescimento e custo de financiamento pesam nas perspectivas de 2023

 

As condições globais de crédito se deteriorarão em 2023, com a previsão de recessão nos Estados Unidos e na zona do euro, e os custos de financiamento do governo aumentarão em meio a taxas de juros mais altas e inflação elevada, de acordo com a Fitch. Em relatório, a agência aponta que o crescimento mundial não será significativamente impulsionado pela China, onde as perspectivas permanecem limitadas pelas incertezas em torno da abordagem do governo em relação à covid-19 e pelas tensões contínuas no setor imobiliário.

As perspectivas de classificação de rating estão próximas de serem equilibradas, mas isso ocorre depois de 2022 ser o segundo pior ano para rebaixamentos de mercados emergentes, aponta a Fitch. As médias dos ratings soberanos globais e de mercados emergentes atingiram novos mínimos, marginalmente abaixo de "BBB-" e acima de "BB-", respectivamente, indica.

A avaliação da Fitch sobre a deterioração das perspectivas do setor dos soberanos é consistente com os riscos contínuos em relação às finanças públicas. Os benefícios fiscais de uma inflação mais alta ficaram evidentes em 2022, com desempenho superior de receita para muitos países e índices dívida pública/PIB abaixo do esperado, aponta. "Não está claro se os ganhos de receita continuarão no próximo ano, mas os saldos gerais serão afetados por respostas fiscais ativas destinadas a proteger famílias e empresas de preços mais altos de energia e alimentos. Os custos fiscais de taxas de juros mais altas serão cada vez mais evidentes", alerta.

Os riscos geopolíticos permanecem elevados. Ainda não há um caminho claro para a reconciliação da Rússia e da Ucrânia e, da mesma forma, para as relações China-EUA. As cadeias de abastecimento de bens comercializados transmitem efetivamente os riscos e as consequências desses conflitos globalmente, estendendo seu alcance muito além dos principais envolvidos e dos países vizinhos, aponta o relatório.

O estresse do crédito nos emergentes normalmente aumenta quando o dólar americano se valoriza, lembra. O foco de 2023 nesse sentido será em mercados menores e de fronteira, onde as necessidades de financiamento externo são maiores em relação às reservas cambiais e os mercados de crédito domésticos são menos desenvolvidos.

 

Este artigo original foi publicado em: https://br.investing.com/news/cryptocurrency-news/baleias-continuam-acumulando-ethereum-apesar-da-queda-1060464 

Que tal conhecer Zulper e realizar sonhos para si e para os outros?

Zulper é uma rede social global da nova geração!

Onde todos nós ajudamos a tornar o mundo um lugar melhor.

Todo mundo pode sonhar alto em ganhar prêmios incríveis, ajudando a tornar o mundo um lugar melhor, compartilhando coisas boas com os amigos.

Faça sonhos se tornarem realidade, para você, sua família e outros!

Clique no seu Convite Especial

 

Comments
Lazaro ANTÔNIO BORGES É SILVA 27/12/2022 11:08:52am

a pandemia os seus pós e contra

 
 
Lindsay Beer 26/12/2022 12:33:35pm

quem diria que uma pandemia faria mudanças tao drasticas né? ate os mercados internacionais foram afetados

 
 
Donna Zulauf 26/12/2022 10:42:16am

depois de 2022 ser o segundo pior ano para rebaixamentos de mercados emergentes, algo tinha que mudar

 
 
Maxime Reichert 23/12/2022 02:45:27pm

será que melhoa